Ads Top

Parece que encontraram um "outro planeta 9"


Um planeta do tamanho da Terra ou de Marte - ou talvez até dois - pode existir na borda do Cinturão de Kuiper, em uma órbita inclinada a 8 graus, e está deslocando uma série de objetos para uma órbita similar.

O objeto com a massa de um planeta estaria a cerca de 60 U.A. (unidades astronômicas, o que equivale a 9 bilhões de km) de distância do Sol. Plutão, em sua maior aproximação do Sol, está a 30 U.A.

O planeta proposto por Kat Volk e Renu Malhotra da Universidade do Arizona, é diferente do proposto por Mike Brown e Konstantin Batygin, ambos da Caltech. Brown e Batygin propõem um gigante gelado muito mais distante e um pouco menor que Netuno, enquanto que o planeta de Volk e Malhorta é menor e muito mais próximo. 

Se ele "limpa" sua órbita, então ele pode ser considerado um um planeta. Assim, provavelmente poderíamos considerá-lo como sendo o Planeta Nove e renomear o Planeta Nove para Planeta Dez.

Agora, se você for um defensor ferrenho de Plutão, considere Eris como sendo o planeta Dez (que é do mesmo tamanho de Plutão. Portanto, um planeta também) e o Planeta Nove como sendo o Planeta Doze. 

Independentemente da definição que poderá ganhar, caso seja realmente comprovado, a Terra e Marte pode ter um planeta irmão lá no "fundo" do Sistema Solar, antes do planeta 9, pera... planeta 10... Enfim, vamos encontrar todos logo e definir quem é quem, por que está ficando meio confuso assim, amigos.



[Tradução: Diogo Furlan - no Facebook/Instagram como @difurlan1]


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.