Ads Top

Um novo projeto chamado Zooniverso encontrou 4 super-Terras orbitando uma estrela parecida com a nossa.

Em 48 horas do lançamento de mais uma campanha, o projeto Exploradores de Exoplanetas já está dando o que falar.


A descoberta de planetas leva tempo e trabalho (algumas vezes muito trabalho mesmo). Desde julho de 2007, o projeto chamado Zooniverse forneceu uma plataforma para pessoas que não trabalham exatamente com ciência, mas fazem ciência por amor, dando chance a elas de fazer valiosas e emocionantes contribuições para o mundo científico. Em apenas 48 horas em um novo projeto de pesquisa de planetas, o programa Exoplanet Explorers descobriu um sistema com quatro planetas nunca antes identificado, na constelação de Aquário.

O sistema planetário, que está a 597 anos-luz de distância, comporta 4 super-Terras (planetas maiores que a Terra, mas menores que Urano ou Netuno, que tem entre 14 a 17 vezes a massa da Terra, respectivamente): EE-1b, EE-c, EE-d e EE-e. Os raios dos planetas do novo Sistema Solar variam entre si (e a seguir estão comparados com o da Terra): 1.98 (EE-1b), 2.03 (EE-1c), 2.74 (EE-1d), and 2.22 (EE-1e). Mesmo que eles sejam maiores do que o nosso planeta, eles também estão muito mais perto de sua estrela, orbitando uma vez, a cada 3 a 13 dias. Todos eles orbitam mais perto de seu próprio sol do que Mercúrio orbita o nosso Sol (a estrela em questão tem cerca de 0,9 massas solares, e que, provavelmente, é uma estrela do tipo G ou K. O  nosso Sol é uma estrela do tipo G). Pode-se deduzir que eles são mundos extremamente quentes. O planeta mais próximo está a apenas 0,04 Unidades Astronômicas (UA) de distância sua estrela (6 milhões de km), enquanto o mais distante está a 0,10 UA (15 milhões de km). Uma UA é a distância média entre a Terra e o Sol (cerca de 150 milhões de quilômetros); Mercúrio está a cerca de 0,4 UA do Sol (60 milhões de km).

A descoberta está sendo escrita como um artigo científico e em breve será avaliada para poder ser publicada. Além disso, esses planetas podem não estar sozinhos em seu sistema solar. Mais planetas
podem ser encontrados à distâncias maiores da estrela.

Zooniverse é uma plataforma de ciência dirigida ao cidadão, coordenada pela U.K.'s University of Oxford, o Adler Planetarium de Chicago e a Citizen Science Alliance. O programa Exoplanet Explorers é um projeto relacionado com a Zooniverse, Planet Hunters, que permite que voluntários possam explorar através dos dados da missão estendida da nave espacial Kepler-K2. Há um enorme catálogo de estrelas observado pelo telescópio, qualquer um dos quais poderia hospedar um ou mais planetas. Os voluntários são encarregados de procurar mudanças na luz das estrelas devido a trânsitos, que ocorrem quando um planeta cruza em frente à sua estrela enquanto orbita e está sendo visto da Terra.

Estes escurecimentos sutis na luz podem ser difíceis de detectar e o trabalho manual ainda se sobressai em relação ao automático, o que, então, exige que uma verificação correta seja delegada às pessoas. Esse tipo de projeto de ciências depende de números absolutos para encontrar objetos reais - quanto mais pessoas identificam um planeta, mais provável é que o planeta seja real.

Você pode saber mais sobre o projeto Exoplanet Explorers e tentar encontrar algum exoplaneta acessando o site do projeto. Você também pode obter mais detalhes sobre o sistema planetário recém-descoberto , incluindo os voluntários envolvidos no achado, aqui; Cientistas da NASA trabalharão para confirmar a descoberta num futuro próximo.



[Tradução: @difurlan1]

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.