Ads Top

Luyten 726-8 AB - Capítulo 13 da série Estrelas

Concepção artística representando o sistema estelar binário Luyten 726-8 AB.
Luyten 726-8 AB é o sexto sistema estelar mais próximo de nossa estrela, o Sol. Ambas as estrelas são anãs vermelhas e exibem características flamejantes, liberando radiação através de espasmos. A estrela mais fraca tem essa característica bem evidente. Elas co-orbitam a uma distância média de 5.5 Unidades Astronômicas, ou 825 milhões de km, a cada 26.5 anos. Ambas as estrelas são tão pequenas que o calor do núcleo é transportado unicamente por convecção.  

Esse par binário foi anunciado apenas em Dezembro de 1949 por Willem Jacob Luyten. Apesar da perda de visão de um de seus olhos, Luyten identificou o movimento de 520 mil estrelas após construir um scanner automático para esse propósito.


Distância e Localização

Esse sistema estelar está a 8.7 anos-luz da Terra, a sudoeste da constelação da Baleia. Embora estejam relativamente próximas, elas não são visíveis a olho nu. Essas duas estrelas estão próximas de nós o suficiente para que sinais de rádio emitidos pela raça humana hoje cheguem até lá entre 2025 e 2026.




RA(j2000):  01h 39m 01.54s
DEC: –17° 57′ 01.8″


Luyten 726-8 A é uma anã vermelha fria, de pouco brilho e está em sua fase estável, chamada de Sequência Principal. Embora seu brilho seja menos variável que sua companheira, ela também é caracterizada como uma estrela que libera radiação de forma espasmódica. 
  • Classificação espectral: M 5.6Ve
  • Massa: 11% a massa do Sol
  • Luminosidade: 0,00006% da luminosidade do Sol.
  • Temperatura: 2396.85 °C
  • Raio: 14% do raio do Sol.


Luyten 726-8 B é uma anã vermelha fria, a estrela de menos brilho nesse sistema e vive sua fase de sequência principal, assim como "A". 


  • Classificação espectral: M 6.0Ve
  • Massa: 10% a massa do Sol
  • Luminosidade: 0,00004% da luminosidade do Sol.
  • Temperatura: 2376.85 °C
  • Raio: 14% do raio do Sol.


  • Sistema Planetário

    Há dois candidatos a planetas ao redor de Luyten 276-8 A. Comparados a Júpiter,  um deles é 10% mais massivo, enquanto que o outro 40% mais massivo. Embora haja uma área onde podemos chamar de zona habitável, é pouco provável que essa área seja hospitalar. Ambas as estrelas ejetam muita radiação nessa faixa ao redor da estrela.


    Outros nomes: BL Ceti/UV Ceti, GCTP 343.10 A/B, LHS 9/10, GJ 65 A/B



    Fontes: SolStation

    [Edição: @difurlan1]

    Nenhum comentário:

    Tecnologia do Blogger.