Ads Top

Um véu de ouro cobre uma estrela que acabara de nascer

IRAS 14568-6304, um objeto estelar novinho em folha.
Créditos da imagem: ESA/Hubble & NASA. Acknowledgements: R. Sahai (Jet Propulsion Laboratory), S. Meunier

Esta jovem estrela está surgindo. Como um filhote tentando quebrar a casca, este recém-nascido estelar em particular está forçando seu caminho para o universo que o circunda.

O véu de luz dourada esconde um objeto estelar jovem conhecido como IRAS 14568-6304. Ele está expulsando gás em velocidades supersônicas e uma hora vai passar por essa nuvem, permitindo que ele seja facilmente visível.

As estrelas nascem nas entranhas de densas nuvens de poeira e gás. Esta nuvem particular é conhecida como complexo de nuvens molecular Circinus. Está a 2.280 anos-luz de distância e se estende no espaço por 180 anos-luz. Ela contém gás suficiente para gerar 250.000 estrelas como o Sol.

IRAS 14568-6304 foi descoberta com o Infrared Astronomical Satellite, lançado em 1983 em um projeto dos EUA, o Reino Unido e os Países Baixos para fazer o primeiro levantamento de todo o céu em infravermelho.

Esta imagem em particular foi feita pelo Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA. É uma combinação de dois comprimentos de onda: luz óptica (azul) e infravermelho (laranja ouro). A faixa escura atravessando toda a imagem é a nuvem molecular Circinus, que é tão densa que obscurece as estrelas atrás dela.

Em comprimentos de onda infravermelhos mais longos, muitas estrelas aparecem como pontos no meio dessa escuridão, todas profundamente escondidas e que um dia vão eclodir, assim como IRAS 14568-6304 está fazendo.

De fato, IRAS 14568-6304 é apenas mais um membro de um ninho de novas estrelas nesta parte de Circinus, onde cada estrela está emitindo jatos de radiação. Juntas, elas formam um dos mais brilhantes, maciços e de maior fluxo energético que os astrônomos já observaram. Nos anos porvir, elas formarão uma bela e brilhante nuvem estelar.

Fonte: http://astronomynow.com/2016/05/31/a-golden-veil-cloaks-a-newborn-star/


[Tradução: @difurlan1]

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.