Ads Top

Missão Espacial das Nações Unidas Beneficiará Países em Desenvolvimento

E é assim que uma Federação Star Trek nasce




As Nações Unidas anuciaram sua primeira missão espacial oficial, na intenção de dar aos países em desenvolvimento oportunidade de realizarem pesquisas em um ambiente de microgravidade.

A missão, que é proposta para 2021, utilizará uma nave espacial Dream Chaser - uma nave espacial parecida com a que a empresa privada Sierra Nevada Corporation (SNC) está desenvolvendo.

O foco da missão é dar as nações em desenvolvimento - muitas que não tem seu próprio sistema - uma chance de desenvolver e pagar por pesquisas em missões em órbita.

A ONU e seu departamento especial para tal assunto - UNOOSA - realizou o anuncio essa semana na International Astronautical Congress(IAC), em Guadalajara, México - o mesmo evento onde Elon Musk fez o anúncio pra lá de ambicioso de colonizar Marte lançando centenas de voos da SpaceX para o planeta vermelho.

Enquanto a missão das Nações Unidas não anuncia um nível parecido de sensacionalismo (ou perigo, entendam como quiser a declaração de Musk), não há qui

"Uma das responsabilidades centrais da UNOOSA é promover a cooperação internacional no uso pacífico do espaço," disse o diretor da UNOOSA, Simonetta Di Pippo.

"Eu estou orgulhoso de dizer que um dos caminhos da UNOOSA será alcançar esse objetivo, numa cooperação com nossos parceiros Sierra Nevada Corporation, dedicando uma missão inteira em microgravidade para os países membros das nações unidas, muitos dos quais não tem a infraestrutura ou financiamento interno para ter um programa espacial por si só."

Embora a Dream Chaser ainda esteja na fase do projeto, as coisas já estão perto da fase operacional. A SNC espera iniciar os voos de teste no final do ano, com a expectativa de realizar transportes de cargas para a Estação Espacial Internacional em 2019.

O comunicado da Dream Chaser - que será utilizado tanto para transporte de carga quanto de passageiros para a órbita baixa da Terra - será a única nave espacial "capaz de pouzar em aeroportos comerciais ou portos espaciais capaz de acomodar grandes naves comerciais - em qualquer lugar do mundo".

A UNO espera que haja competição entre os países membros da UNO para terem um espaço para suas pesquisas no veículos categorizado de forma errada como um utilitário espacial (SUV). A nave poderá levar 5.500 kg de carga, ou transportar 7 passageiros.

"Nós continuaremos a trabalhar com a SNC para definir os parâmetros da missão que proporcionará aos estados membros da ONU acesso ao espaço a um custo razoável e colaborativa dentro de poucos anos," disse Di Pippo. "As possibilidades são infinitas", completou.

Quanto aos tipos de experimentos em microgravidade ou o tipo de cargar que as nações irão enviar ao espaço, serão assuntos deles. A ONU diz que vai informar os países interessados para prepararem propostas de pesquisas e vai pedir aos países membros para pagar um custo proporcional para despesas de deslocamento, com base na carga e nas condições reais financeiras do país.

"Enquanto estas experiências podem se parecer pequenas para nós, se você for até esses países você verá que elas podem ser as maiores coisas que eles poderiam fazer," o vice presidente da corporação Sierra Nevada Space Systems, Mark Sirangelo, disse a mídia em um anúncio.

"Novos pesquisadores que estarão trabalhando nessa missão pelo mundo serão capazes de dizer que eles fazem parte da comunidade espacial."

Além do mais, expandir a comunidade espacial como a conhecemos incluindo outros países que querem participar de pesquisas em microgravidade só pode ser uma coisa boa. 

Nós não temos certeza de como esse projeto no estilo Star Trek começou, mas o espírito inclusivo desse empreendimento se parece muito com ela. 

"Em poucos anos a missão das Nações Unidas fornecerá aos estados membros a capacidade de alcançar o espaço de uma forma rentável e colaborativa," disse Di Pippo.

"A ciência espacial nos ajuda a resolver problemas que são coletivos em sua natureza e que pode nos levar a soluções que vão além das fronteiras. Todos nós nos beneficiaremos dessa missão."



Fonte: http://www.sciencealert.com/the-united-nations-just-announced-its-first-ever-space-mission


[Tradutor: @difurlan1]

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.