Ads Top

A Voyager 2 pode ter sido “hackeada” quando entrou o espaço interestelar

Voyager 2


A sonda Voyager 2, da NASA, está a mais de 3 décadas em uma jornada épica através do espaço. No dia 22 de Abril de 2010 ela entrou, oficialmente, no espaço interestelar. O cientista planetário Kevin Baines disse: “A 16 bilhões de km da Terra ela começa a nos enviar dados em uma linguagem que não compreendemos. Isso pode ser chamado de linguagem alienígena.”

Alguém ou algo alterou o sistema de comunicação da Voyager 2, Kevin continuou: “Verificando os sistemas com um outro link que a nave dispõe, a equipe da Voyager 2 pôde nos dizer que não há mais nada de errado com a nave. É apenas um sistema”.

Resultados posteriores revelaram que um único digito no código binário do sistema da Voyager 2 foi invertido de ‘0’ para ‘1’. Sugere-se que algo desconhecido alterou intencionalmente a informação que partiu dos computadores de bordo da Voyager 2.

A alteração de um bit é uma técnica utilizada por vários hackers [crackers é a palavra correta para quem altera informação dessa forma...]. A troca de um bit pode desligar um computador ou até corromper informação. Investigadores começaram a procurar de onde é que partiu essa possível invasão e eles começaram essa busca aqui na Terra. Mas como a distância envolvida é absurdamente grande, é pouco provável que tenha surgido daqui. 

Como nós sabemos, a Voyager 2 está carregando uma mensagem da humanidade para o espaço. A mensagem codificada na Voyager 2 é para uma civilização inteligente que pode vir a encontra-la. Então, a invasão de bit flipping poderia ser a resposta para nossa mensagem?

Alguns pesquisadores dizem que o ataque poderia ser uma resposta óbvia de aliens. Depois de passadas 3 semanas que essa anomalia aconteceu, pesquisadores conseguiram restaurar o sistema de comunicação. Mas quem ou o que causou essa anomalia ainda é uma dúvida sem resposta. A causa exata do ataque bit flipping ainda permanece desconhecida.


[Tradução: @difurlan1]

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.